CR7 firma acordo com fisco espanhol e paga R$ 82 milhões por fraude

O processo que acusa Cristiano Ronaldo de fraude fiscal na Espanha está perto de ter um fim. De mudança para a Itália, o luso terá que pagar uma multa de cerca de € 19 milhões (R$ 82 milhões) para dar fim ao caso, uma vez que a Receita espanhola aceitou o acordo feito entre o jogador, a Fazenda do país e o Ministério Público.

De acordo com a agência EFE, para evitar uma pena que poderia chegar a dois anos de prisão, Cristiano Ronaldo firmou um compromisso com a Fazenda da Espanha e o Ministério Público de que vai se declarar culpado por quatro delitos fiscais cometidos entre 2011 e 2014 e vai efetuar o pagamento da multa, superior a quantia fraudada de 14,7 milhões de euros (cerca de R$ 63,8 milhões).

Segundo a publicação, a Receita deseja que a condenação a Cristiano Ronaldo conte como antecedente criminal, o impedindo de reincidir em qualquer delito no futuro. , CR7 estaria comprometido a voltar ao tribunal para findar de vez o caso.

Em 31 de julho de 2017 o craque português prestou depoimento sobre o caso. “ É o momento de deixar a Justiça trabalhar. Eu acredito na Justiça e espero também que neste caso haja uma decisão justa. Para evitar pressões desnecessárias ou contribuir para um juízo paralelo, decidi que não voltarei a fazer declarações sobre este assunto até que se produza uma decisão”, disse na época.

 

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO