Profissão de mototaxista é regulamentada no Rio

<p>Ap&oacute;s a aprova&ccedil;&atilde;o pela C&acirc;mara Municipal, o decreto que regulamenta a profiss&atilde;o de mototaxista no Rio de janeiro foi assinado nesta segunda-feira(5) pelo prefeito Crivella.<br /><br />A regulamenta&ccedil;&atilde;o vai trazer mais dignidade e tranquilidade para a categoria. Pelo decreto, os trabalhadores ter&atilde;o que obter uma autoriza&ccedil;&atilde;o da Secretaria Municipal de Transporte para exercer a profiss&atilde;o, ap&oacute;s aprova&ccedil;&atilde;o no curso especializado (gratuito, segundo a Prefeitura).<br /><br /><strong>Exig&ecirc;ncias para mototaxistas</strong><br /><br />Para estabelecer os pontos de mototaxis, haver&aacute; um estudo de urbanismo da CET-Rio (Companhia de Engenharia de Tr&acirc;nsito).&nbsp;</p>
<p>O registro da moto deve constar no nome do profissional. A moto deve ter no m&iacute;nimo 125 cilindradas e no m&aacute;ximo cinco anos de fabrica&ccedil;&atilde;o; determina&ccedil;&atilde;o de tarifa pelo poder municipal; e a emiss&atilde;o de uma permiss&atilde;o provis&oacute;ria para o mototaxista por 90 dias (para avalia&ccedil;&atilde;o e emiss&atilde;o da autoriza&ccedil;&atilde;o definitiva ap&oacute;s esse per&iacute;odo).</p>

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO