Bebeto de Freitas morre aos 68 anos em Belo Horizonte

<p>O esporte brasileiro est&aacute; de luto: Bebeto de Freitas morreu nesta ter&ccedil;a-feira, aos 68 anos, em Belo Horizonte. Diretor de administra&ccedil;&atilde;o e controle do Atl&eacute;tico-MG, ele n&atilde;o resistiu &agrave; uma parada card&iacute;aca fulminante quando acompanhava o lan&ccedil;amento oficial do time de futebol americano do clube, na Cidade do Galo.<br /><br />Bebeto de Freitas chegou a socorrido e levado por uma ambul&acirc;ncia e um helic&oacute;ptero do Corpo de Bombeiros. Jogadores e dirigentes do clube, ficaram muito abatidos com o ocorrido. Em nota, o Atl&eacute;tico Mineiro e o Botafogo decretaram luto oficial de tr&ecirc;s dias.<br /><br /><span style="text-decoration: underline;"><strong>Trajet&oacute;ria vencedora<br /></strong></span>Paulo Roberto Freitas, o Bebeto de Freitas, teve uma das carreiras mais respeitadas do mundo esportivo, com t&iacute;tulos e prest&iacute;gio no v&ocirc;lei e no futebol.&nbsp;Ap&oacute;s ser jogador de v&ocirc;lei, assumiu a sele&ccedil;&atilde;o brasileira da modalidade, sendo treinador da &ldquo;gera&ccedil;&atilde;o de prata&rdquo;, que encantou o mundo nos Jogos Ol&iacute;mpicos de 1984, em Los Angeles. Ele tamb&eacute;m comandou o Brasil na Olimp&iacute;ada de 1988, em Seul.</p>
<p>No futebol, teve a primeira passagem pelo Atl&eacute;tico-MG em 1999. Trabalhou no clube ainda em 2001. Foi presidente do Botafogo entre 2003 e 2008 e depois retornou ao Galo como diretor-executivo, em 2009. Assumiu a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer na prefeitura de Belo Horizonte, no in&iacute;cio de 2017 e no fim do ano passado, retornou ao Atl&eacute;tico como diretor de administra&ccedil;&atilde;o e controle.<br /><br /><br /></p>

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO