Rei aposentado da Bélgica terá que fazer teste de paternidade

Rei aposentado da Bélgica terá que fazer exame de DNA

Foto: Geert Vanden Wijngaert / AP Photo

O tribunal de recursos de Bruxelas determinou que o rei aposentado da Bélgica, Albert II, faça um teste de paternidade dentro de três meses. Caso contrário, o rei será considerado o pai de Delphine Boël, uma artista de 50 anos.

O fato veio à tona após publicação da biografia da rainha Paola,  mulher de Albert. Ela conta que o marido  teve uma amante, na década de 1960.

O rei de 84 anos, que em 2013 abdicou do trono após 20 anos em favor de seu filho Philippe, contesta a alegação de Delphine há mais de uma década.

A agência Reuters entrou em contato com o tribunal e a casa real, mas ambos não quiseram se pronunciar. Advogados de Delphine disseram em nota que estavam satisfeitos com a “forte afirmação do princípio de atuar de acordo com os interesses da criança”, à medida que ela busca confirmação legal de sua verdadeira identidade.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO