Facebook compartilhou dados dos usuários com gigantes tecnológicos

Facebook compartilhou mais dados com gigantes tecnológicos do que o divulgado

Foto: AP Photo/Marcio Jose Sanchez

De acordo com informações divulgadas pelo “The New York Times”, a rede social Facebook compartilhou mais dados pessoais de seus usuários com gigantes tecnológicos como Microsoft, Amazon e Netflix do que tinha revelado até agora.

O jornal obteve acesso a centenas de documentos internos da companhia que mostram como a empresa  compartilhou os dados sem autorização dos usuários e gerou assim seu modelo de negócio através da publicidade.

A rede social autorizou ao Bing, a plataforma de busca da Microsoft, a ver todos os nomes das amizades dos usuários do Facebook. À Netflix e ao Spotify permitiu ler as mensagens privadas. À Amazon teve acesso ao nome dos usuários e informações de contato e ao Yahoo permitiu ver publicações das amizades.

 Steve Satterfield, diretor de privacidade do Facebook, informou ao jornal The New York Times que nenhum desses compartilhamentos violou os acordos de privacidade ou os compromissos com os reguladores federais.

O Spotify e à Netflix explicaram ao jornal que “não tinham conhecimento dos amplos poderes que o Facebook lhes concedeu”, enquanto o Yahoo negou ter utilizado informações para publicidade.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO