Usuários de plano de saúde poderão pagar até 40% do valor dos atendimentos

Nesta quinta-feira (28) a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) estabeleceu novas normas de coparticipação e franquia em planos de saúde. De acordo com a Resolução Normativa 433, os usuários de planos de saúde poderão pagar até 40% do valor de cada procedimento médico realizado.

A coparticipação não pode ultrapassar o valor do limite mensal ou anual de mensalidades. Se o cliente precisar fazer consultas ou exames que não estão previstos no contrato deverão arcar com um valor de franquia além da mensalidade. As mudanças incluem ainda os procedimentos a que os clientes têm direito, sem terem que pagar um valor além da mensalidade do plano.

Ficam isentos de cobrança de coparticipação ou franquia consultas com médico generalista, exames preventivos e de pré-natal e tratamentos de doenças crônicas, como câncer e hemodiálise, exame de sangue oculto nas fezes, para adultos de 50 a 75 anos, mamografia (para mulheres de 40 a 69 anos), com direito a um procedimento a cada dois anos, entre outros.

As regras entrarão em vigor em 180 dias e valem somente para novos contratos. Para saber mais sobre a Resolução Normativa 433 e conferir todas as consultas e exames isentos de cobrança clique aqui.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO