Vídeo: deputado estadual Gustavo Schmidt do PSL é detido quando participava de festa em Niterói

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

O deputado estadual Gustavo Schmidt (PSL) foi detido, nesta sexta-feira (27), quando participava de uma festa num condomínio em Camboinhas, na Região Oceânica de Niterói, município da Região Metropolitana do Rio.

Ele foi acusado de agredir um cabo e um sargento do 12º BPM (Niterói). Levado para a 76a DP (Centro), ele teria também desacatado uma delegada. O parlamentar,no entanto, nega as acusações.

Os moradores do condomínio se incomodaram com o barulho da festa e chamaram a PM. Quando chegaram ao local, os policiais viram que Gustavo era um dos 20 convidados. De acordo com informações dos agentes, eles foram agredidos pelo deputado e um deles teria tido os óculos quebrados.

Um vídeo que circula nas redes sociais  mostra o momento em que Gustavo chega à delegacia vestindo bermuda estampada, camisa branca e descalço. Ele está com as mãos para trás, contidas por algemas descartáveis, e, em determinado momento, tenta dar uma cabeçada num dos PMs, que o contém. Ao ser colocado numa cadeira, ele novamente reage, jogando-a no chão.

Neste momento, o autor da filmagem afirma que Gustavo age assim por “ser deputado” e que, pelo cargo, “acha que pode destratar trabalhador”.

O homem ainda o acusa de estar “quebrando a delegacia”. Novamente contido, o parlamentar é colocado em outra cadeira. Um PM está com a mão apoiada em suas costas e Gustavo diz:

“Tira a mão de mim, por favor”, pede o deputado.

Um policial civil se aproxima e o parlamentar pede que a algema seja retirada. O agente pede para que Gustavo novamente se sente.

Eleito suplente de vereador pelo MDB de Niterói em 2916, Gustavo Schidt foi eleito pela primeira vez ao cargo de deputado estadual em 2018, com 34.869 votos. Durante a sua campanha eleitoral, declarou que uma de suas bandeiras era impedir que exposições de cunho LGBT fossem patrocinadas pelo Estado.

Ele também afirmou ser a favor do projeto “Escola sem partido”. Desde que assumiu o cargo, Schmidt faltou a 13 sessões deliberativas na Alerj, segundo consta nas listas de presença da Casa, sendo assim um dos deputados mais faltosos.

Nota da PM:

Em nota, a PM informou que recebeu denúncias de moradores sobre a festa com aglomeração de pessoas, o que está proibido por causa da pandemia do coronavírus.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO