Retirada de 40 trens chineses de circulação afeta 420 mil passageiros da Supervia

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

A retirada de 40 trens chineses de circulação — o que corresponde a 20% do total da frota — deixa o serviço com intervalos irregulares nos ramais Deodoro, Japeri e Santa Cruz.

A partir desta segunda-feira (18), o sistema ferroviário da cidade vai funcionar sem os veículos, que foram retirados de circulação devido a um problema na caixa de tração. O anúncio da retirada foi feito pela concessionária no domingo (17).

Retirada de 40 trens chineses de circulação afeta 420 mil passageiros da Supervia

Foto: Fabiano Rocha / Agência Globo

Os trens foram entregues para a operação entre 2014 e 2016 pelo governo do estado junto ao consórcio CRRC, empresa chinesa que promoveu um recall para corrigir o problema, mas sem resolvê-lo.

Em nota, a SuperVia afirma que “o reajuste da grade horária garante a segurança operacional e a manutenção do serviço aos passageiros. A concessionária e o poder concedente estão atuando junto aos fornecedores para que o serviço retorne à normalidade o mais rápido possível. As caixas de tração são fornecidas ao Consórcio CRRC pela Voith, empresa alemã”, explica.

Segundo a concessionária, cerca de 420 mil passageiros serão impactados (por dia) de alguma forma, o que corresponde a 70% do total de pessoas que embarcam diariamente em uma das estações. Ainda não há previsão de normalização do serviço.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO