Patrulhas da PM pedem que pessoas voltem para casa por conta do coronavírus

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

Nas Zonas Norte, Sul e Oeste da capital, a cena se repete: uma sirene é emitida a partir de uma viatura policial para chamar a atenção de quem está no local.

Nos alto-falantes, um policial militar pede que as pessoas retornem para suas casas, para conter a disseminação do coronavírus no Rio.

Patrulhas da PM pedem que pessoas voltem para casa por conta do coronavírus

Foto: Reprodução

A ação, que começou nesta segunda-feira (16), surpreendeu quem estava nos arredores Center Shopping, em Jacarepaguá, no Calçadão de Bangu e na orla de Copacabana.

Viaturas da PM estão sendo deslocadas para várias regiões do Rio de Janeiro com o intuito de solicitar à população que está na rua que volte para suas casas. Segundo a corporação, o foco são as praias e outras áreas de concentração de grande público.

 

“Boa tarde. Cidadão, a responsabilidade também é sua. A luta contra o novo coronavírus é missão de todos. A Polícia Militar orienta que a população evite aglomeração em praias e outros locais. O momento é de conscientização. Faça sua parte. Ajude a prevenir e controlar o coronavírus. Por favor, fique em casa. Polícia Militar e sociedade juntas no combate ao coronavírus. Obrigado!”, diz o aviso.

Em nota, a PM informou que esses alertas estão sendo emitidos em toda a orla da capital e em locais de grande concentração de público.

“Os alertas estão sendo feitos através das sirenes das viaturas, com o objetivo de chamar a atenção das pessoas para que colaborem no sentido de combater a pandemia”, informou.

Desde sábado, policiais que atuam no patrulhamento já orientavam as pessoas a evitar aglomerações e, se possível, permanecer em casa.

Em seu Twitter, a PM publicou fotos de agentes das UPPs na Tijuca, em Bonsucesso e em Santa Teresa, em frente a uma entrada da Comunidade dos Prazeres e a um dos acessos para o Corcovado.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO