Rio

Moradores de rua são mortos a tiros no Jardim de Alah

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

Dois moradores de rua foram assassinados a tiros nesta segunda-feira (9) sob o viaduto da Rua Humberto de Campos — que corta o canal do Jardim de Alah —, no Leblon, na Zona Sul do Rio. O crime aconteceu às 5h10.

Segundo moradores da região, Luiz Antônio de Paula Mendes e Sheila dos Santos foram atingidos por uma rajada de tiros.

Quem mora na região conta que Luiz era visto catando latinhas e papelão na região.

Moradores de rua são mortos a tiros no Jardim de Alah

Foto: Fabio Motta / Agência O Globo

Outras pessoas relataram que Sheila e Luiz tinham um apartamento na Cruzada São Sebastião (conjunto habitacional localizado à margem oeste do Jardim de Alah), mas teriam sido expulsos do local há três meses. Passaram, então, a morar embaixo do viaduto.

“De vez em quando ela ficava na casa de uma amiga no bloco dois (de um conjunto habitacional da Cruzada São Sebastião (perto do local do crime)”, revelou uma amiga da mulher, que pediu anonimato.

Luiz e Sheila estavam dormindo quando foram atacados. As vítimas eram casadas e tinham dois filhos.

Um deles foi ao local do crime e, muito abalado, gritou: “Mataram os meus pais. Por que fizerem isso?”. O cachorrinho do casal ficou durante todo o tempo ao lado dos corpos.

De acordo com a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), o casal foi executado com diversos tiros. Muitos dos disparos acertaram a cabeça e o peito das vítimas.

Segundo os investigadores, a especializada vai apurar se uma dívida de Luiz com o tráfico de drogas que atua na Cruzada teria sido o estopim para o duplo homicídio.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO