Justiça dá prazo de 20 dias para que todos os hospitais de campanha do Rio estejam em funcionamento

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

A Justiça deu 20 dias para que todos os sete hospitais de campanha do Rio de Janeiro estejam funcionando com capacidade total. Dos 1,3 mil leitos que eram previstos para o tratamento da Covid-19 no estado, apenas 200 estavam abertos até o começo da manhã desta quinta-feira (21).

Dos sete hospitais previstos, apenas o estádio do Maracanã foi aberto. Ainda assim, ela não está operando completamente. O atraso na abertura dos outros seis hospitais de campanha completa 21 dias.

Os hospitais do Parque e dos Atletas não entram nesta conta, pois têm gestão de empresas privadas e não do Governo do Estado.

Por telefone, a assessoria da Iabas informou que a segunda parte do Hospital de Campanha do Maracanã será inaugurada ainda nesta quinta-feira, com a entrega de mais 200 leitos.

Veja abaixo as datas das próximas inaugurações:

  • São Gonçalo – 27 de maio
  • Nova Iguaçu – 29 maio
  • Duque de Caxias – 1º de junho
  • Nova Friburgo – 7 de junho
  • Campos dos Goytacazes – 12 de junho
  • Casemiro de Abreu – 18 de junho

Atualmente, a lista de espera por vagas para tratamento da Covid-19 é de 212 pessoas para leitos de enfermaria e outras 257 que esperam por leitos de UTI no RJ. As informações são da Secretaria Estadual de Saúde.

Justiça dá prazo de 20 dias para que todos os hospitais de campanha do Rio estejam em funcionamento

Foto: Rogério Santana/Divulgação Governo do RJ

Baixada Fluminense e São Gonçalo:

Em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, a obra teve dois prazos descumpridos. O primeiro dizia que a unidade ficaria pronta no dia 30 de março.

A segunda seria nesta quinta (21). De acordo com a prefeitura da cidade, o Hospital Geral de Nova Iguaçu teve que passar por um ajuste para receber mais pacientes.

Em São Gonçalo, na Região Metropolitana, o hospital de campanha, com previsão de 200 leitos, deveria ter sido entregue no domingo (17). A rede de saúde da cidade tem 80% de ocupação.

Restam 12 leitos no Pronto-Socorro Central, na Praça Zé Garoto, seis nas UPAs do município e oito no Hospital Luiz Palmier. A cidade de Itaboraí está com todos os leitos ocupados.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO