Ex-presidente Temer deixa prisão no Comando de Policiamento de Choque

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love
Ex-presidente Temer deixa prisão no Comando de Policiamento de Choque

Foto: Reuters

O ex-presidente Michel Temer deixou a sede do Comando de Policiamento de Choque, da Polícia Militar, em São Paulo, por volta das 13h27 desta quarta-feira (15), um dia depois da Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) conceder provisoriamente seu habeas corpus.

Temer falou com a imprensa quando chegou em sua casa no Alto de Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo:

“Duas palavras que eu quero dar. A primeira é que eu me apresentaria à Polícia Federal. Foi o que eu fiz. Em segundo lugar, eu disse que aguardaria com toda a tranquilidade e serenidade a decisão do Superior Tribunal de Justiça que se deu no dia de ontem”.

Temer afirma estar com as expectativas “positivas” para os próximos passos do processo.

Defesa de Temer:

O advogado Eduardo Carnelós, afirma que, agora, “não há nenhum fundamento para se manter Michel Temer preso”. “Esta decisão (do STJ) coroa com bastante naturalidade o que diz a Constituição. Não há nenhuma justificativa para que ele seja levado à prisão, qualquer tipo que seja”.

Para Carnelós, “todas as acusações” contra Temer serão “destruídas”. “Não há nenhum embasamento probatório consistente” nas acusações, afirma ele.

Coronel Lima:

O Coronel Lima, que também estava preso no presídio militar Romão Gomes, na Zona Norte de São Paulo, também foi libertado no início da tarde.

Com a decisão, Temer e Lima permanecem em liberdade até o julgamento definitivo do mérito do habeas corpus, pela própria Sexta Turma, em data ainda não definida.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO