Brasil tem 4 frigoríficos com importações de carnes suspensas para a China por preocupações com a Covid-19

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

A China suspendeu importações de três frigoríficos brasileiros, informou o Ministério da Agricultura na noite de segunda-feira (29). Ainda segundo o governo, uma outra planta teve as vendas suspensas por iniciativa do próprio ministério.

No total, são 4 unidades que deixam de exportar temporariamente dos 102 frigoríficos brasileiros autorizados a vender para a China. Os chineses são os maiores compradores de carnes do Brasil.

“As autoridades sanitárias da China têm mostrado preocupação diante do registro de novo surto de Covid-19 próximo a Pequim e vêm monitorando, em todo o mundo, as empresas que exportam para a China”, disse o Ministério da Agricultura, em nota.

O governo não indicou, porém, quais fábricas tiveram as autorizações suspensas.

O Ministério da Agricultura disse que busca os motivos da suspensão junto a um órgão do governo chinês, e que negocia para que haja uma retomada das exportações de parte dessas empresas.

Nas últimas semanas, os chineses vinham pedindo que os frigoríficos garantissem que a carne enviada ao país não tivesse a presença do coronavírus e que se evite o envio de alimentos de fábricas que tiveram casos da doença. As grandes empresas assumiram este compromisso.

A Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) afirmou, em nota, que a suspensão “é um direito do importador e que não há nada a se fazer sobre isso”. A entidade disse que está acompanhando o caso e auxiliando suas associadas na questão.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO