Bolsonaro vai a Montevidéu no domingo para posse do novo presidente do Uruguai

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

O presidente Jair Bolsonaro tem viagem marcada para a manhã do domingo (1º) para Montevidéu, onde participará à tarde da posse do novo presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou. A previsão é que o presidente retorne a Brasília no fim do dia.

Bolsonaro vai a Montevidéu no domingo para posse do novo presidente do Uruguai

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Eleito pelo Partido Nacional, de centro-direita, Lacalle Pou encerra o ciclo de 15 anos de governo no da coalizão de esquerda Frente Ampla, com dois mandatos de Tabaré Vázquez e um de Pepe Mujica.

O novo presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, em imagem do dia em que foi eleito, 25 de novembro de 2019 — Foto: Mariana Greif/Reuters

Foto: Mariana Greif/Reuters

Segundo o secretário de Negociações Bilaterais e Regionais nas Américas, embaixador Pedro Miguel da Costa e Silva, a posse de Lacalle Pou inaugura uma nova era nas relações diplomáticas entre Brasil e Uruguai.

Ele falou com a imprensa durante uma apresentação no Palácio do Itamaraty, nesta sexta-feira (28), sobre a viagem de Bolsonaro.

“Essa visita, além do caráter protocolar, tem um simbolismo que inaugura, inicia uma nova etapa da relação com o Uruguai. Ficou claro, com o contato dos presidentes e durante a visita do futuro chanceler a Brasília, uma grande sintonia. Não só na agenda bilateral, como na agenda regional”, afirmou Costa e Silva.

O secretário informou ainda que a expectativa do governo brasileiro é que o novo presidente realize uma mudança na postura internacional do Uruguai em temas políticos da América do Sul, como a crise da Venezuela.

“O elemento novo vai ser uma maior sintonia, uma maior possibilidade de trabalhar juntos nos temas regionais. Já recebemos indicações que haverá mudanças de posições em relação a temas centrais para o Brasil na agenda regional, como Venezuela e Bolívia. Eu imagino que isso terá impacto na atuação do Uruguai na OEA (Organização dos Estados Americanos)”, afirmou Costa e Silva.

Ainda segundo o secretário, não está prevista nenhuma reunião bilateral do presidente brasileiro com outros chefes de Estado em Montevidéu. Ele adiantou que, entre os temas que serão tratados pelos dois países nos próximos anos, se destacarão o trabalho conjunto na região de fronteira, segurança, prestação de serviços públicos compartilhados e infraestrutura.

Costa e Silva informou ainda que Lacalle Pou deve visitar o Brasil no primeiro semestre de 2020.

Programação

A previsão é que as seguintes autoridades acompanhem Bolsonaro na viagem ao Uruguai:

  • Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores
  • Augusto Heleno, ministro do Gabinete da Segurança Institucional (GSI)
  • Senador Luis Carlos Heinze (PP-RS)
  • Deputado federal Celso Russomanno (Republicanos-SP)
  • Ministra Cristina Peduzzi, presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST)

A delegação brasileira participará de uma programação dividida em quatro solenidades. Uma sessão solene de honra e declaração de fidelidade constitucional, a cerimônia de transmissão de mandato presidencial, a cerimônia de posse dos novos ministros e o evento de cumprimentos protocolares dos chefes de delegações oficiais ao presidente do Uruguai e ao novo ministro das Relações Exteriores.

Participam também da posse os presidentes do Chile, Colômbia e Paraguai, os vice-presidentes da Costa Rica e Equador e outras autoridades da Argentina, Peru, Rei Filipe VI de Espanha, o ministro do Ambiente e transição Energética de Portugal e o Chanceler do México.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO