Aras pede ao STF inquérito para apurar relação de deputados com atos contra a democracia

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu nesta segunda-feira (20) ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de um inquérito para apurar a organização de atos contra a democracia no país.

Aras pede ao STF inquérito para apurar relação de deputados com atos contra a democracia

Foto: João Américo/Secom/PGR

O caso está em sigilo no STF e tem entre os alvos deputados federais, o que justifica a competência da Corte para o caso.

“O Estado brasileiro admite única ideologia que é a do regime da democracia participativa. Qualquer atentado à democracia afronta a Constituição e a Lei de Segurança Nacional”, disse o procurador-geral, Augusto Aras.

Nesta segunda-feira (20), Bolsonaro defendeu o Supremo e o Congresso “abertos e transparentes”. Para a PGR, não há nenhum indício de que o presidente tenha vínculo com a promoção desses eventos.

O foco da apuração é a estruturação desses atos, que podem ter violado a Lei de Segurança Nacional.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO