Sobe para 42 o número de mortos no incêndio florestal da Califórnia

Sobe para 42 o nuúmero de mortos no incêndio no norte da Califórnia

Foto: Robyn Beck / AFP

O incêndio florestal da Califórnia, o Camp Fire, já deixou 42 mortos e se tornou o mais letal registrado no estado americano.

Já o Woolsey, que atinge o sul, deixou 2 mortos. O número de vítimas ainda pode subir nos próximos dias porque 228 pessoas estão desaparecidas.

O incêndio desabrigou 52 mil pessoas, 1,3 mil estão em abrigos improvisados. Mais de 7.000 imóveis foram destruídos. O fogo destruiu um total de 45.700 hectares e, até a noite de segunda-feira (12), os bombeiros só conseguiram conter 25% das chamas.

O incêndio Woolsey, no sul do estado, destruiu 435 imóveis. Os bombeiros só conseguiram conter 30% das chamas. O tempo seco e os fortes ventos contribuíram para a propagação das chamas que começaram na quinta-feira (8). As causas dos incêndios são investigadas.

Na segunda-feira (12), Donald Trump, presidente americano, aprovou a solicitação da Califórnia para declarar os incêndios um “desastre de especial gravidade”. Assim, o governo federal oferecerá ajuda financeira para alojamento, desemprego, despesas legais e tratamento psicológico.

“Acabo de aprovar a solicitação de Desastre de Especial Gravidade para o estado da Califórnia. Queria responder rápido para aliviar um pouco esse incrível sofrimento. Estou com vocês. Deus abençoe todas as vítimas e famílias afetadas”, escreveu o governante na sua conta do Twitter.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO