Padre afastado após ‘rapidinha’ muda de religião e celebra missas em outra igreja

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

Expulso da Diocese de Coimbra, em Portugal, após o vazamento de uma foto seminu em hotel durante uma “rapidinha com uma loirinha”, o padre Júlio Santos mudou de religião.

Atualmente, ele faz celebrações na Igreja Vetero Católica em Castanheira de Pera, a cerca de 15 km de onde exercia o sacerdócio. O anúncio de que assumiria a nova função foi feito durante uma celebração ao lado do arcebispo da Igreja Vetero Católica, António Raposo, que criticou a expulsão do presbítero.

Padre afastado após 'rapidinha' muda de religião e celebra missas em outra igreja

Foto: Reprodução

“O que aconteceu não foi agradável, mas foi um descuido. Não aprovo o que aconteceu, mas acho que não se deveria excluir ninguém. Todos somos humanos, todos nós temos fragilidades”, afirmou ao jornal português “Correio da Manhã”.

Em outubro, quando a Igreja Vetero Católica celebra aniversário, Santos será nomeado vigário-geral de Portugal.

Na época em que a polêmica se instaurou, en junho, o padre explicou ao “Correio da Manhã” seu afastamento da função de sacerdote ressaltando que era “maroto e danado para a brincadeira” e acrescentou que não era capaz de mudar essas características.

“Eu nunca me apresentei às pessoas como santo”, afirmou, chamando a “menina muito jeitosa” com quem manteve relações sexuais num encontro casual de “serpente tentadora”.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO