Número de mortos após tsunami na Indonésia chega a 373

Número de mortos após tsunami na Indonésia chega a 373

Foto: Fauzy Chaniago/AP Photo

Segundo a Agência Nacional de Gestão de Desastres, o número de vítimas do tsunami que atingiu a Indonésia no último sábado (22) subiu para 373 mortos e mais de 1.400 feridos. Ainda há 128 pessoas desaparecidas. As novas informações foram divulgadas nesta segunda-feira (24).
O tsunami ocorreu pela erupção do vulcão Anak Krakatoa, que de acordo com a agência ainda está em erupção e pode provocar novos tsunamis. 
“Estamos alertando as pessoas para permanecerem cautelosas”, disse  Sutopo Purwo Nugroho, porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres, segundo a CNN. “As agências ainda continuam analisando a causa raiz … o vulcão Krakatau continua em erupção, o que poderia provocar outro tsunami.”
De acordo com Nugroho, cerca de 600 construções, incluindo casas, hotéis e estabelecimentos comercias, e mais de 400 barcos ficaram danificados.

Soldados, policiais, funcionários do governo e voluntários estão trabalhando nas buscas.  “Suspeita-se que algumas vítimas ainda estão presas sob destroços e materiais levados pelo tsunami”, afirma Nugroho.
Nenhum  tremor de terra foi registrado antes da chegada das ondas, as autoridades não tiveram tempo de transmitir um alerta e preparar a população.
Segundo  autoridades, o tsunami pode ter sido provocado por um aumento repentino da maré provocado pela lua cheia, combinado com uma avalanche no fundo do mar após a erupção do Anak Krakatoa, que forma uma pequena ilha no estreito de Sunda.
“A combinação provocou um tsunami repentino que atingiu a costa”, disse Nugroho
As erupções vulcânicas submarinas, que são raras, podem provocar tsunamis pelo deslocamento repentino de água ou deslizamentos em encostas, segundo o Centro Internacional de Informação sobre Tsunamis.

Onda arrastou palco e público do show do grupo “Seventeen”

Na praia de Tanjung Lesung, em Java, a onda gigante atingiu um palco onde acontecia um show do grupo de música pop “Seventeen” e arrastou a estrutura contra o público.
Em uma mensagem na rede social Instagram, o vocalista do grupo, Riefian Fajarsyah, disse, sem conter as lágrimas, as mortes do baixista e do empresário que organizava a turnê, assim como o desaparecimento de outros dois músicos, um técnico e de sua esposa.

Não há registro de brasileiros atingidos

Em nota divulgada no domingo (23), o Itamaraty informou que “até o momento”, não há registro de brasileiros entre os atingidos. O governo brasileiro acrescentou que acompanha a situação na Indonésia por meio da Embaixada do Brasil em Jacarta e da Divisão de Assistência Consular (DAC) em Brasília.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO