Novos pacotes suspeitos aparecem nos Estados Unidos

Novos pacotes suspeitos aparecem nos Estados Unidos

Foto: Drew Angerer / Getty Images America Do Norte / AFP

Segundo o FBI, outros pacotes suspeitos foram encontrados na manhã desta quinta-feira (25) nos Estados Unidos. Os novos pacotes foram enviados para o ator Robert De Niro e encontrado em um imóvel no bairro de Tribeca, em Nova York.

Outros dois pacotes foram enviados ao ex-vice-presidente Joe Biden e achados em postos dos correios no estado de Delaware.

Os pacotes têm características parecidas com os que foram encontrados desde segunda no país. Eles foram enviados para diferentes endereços, mas nenhum deles chegou a explodir. No total, 10 pacotes foram interceptados até o momento.

O objeto enviado para De Niro estava no sétimo andar do prédio onde funciona a produtora do ator, a Tribeca Productions. No mesmo local funciona seu restaurante, Tribeca Grills.O pacote foi removido do local e levado a uma unidade da polícia no Bronx. “Os especialistas mais treinados no mundo estão investigando o pacote suspeito de hoje em Tribeca”, afirmou nas redes sociais James O’Neill, comissário da polícia de Nova York.

A deputada Debbie Wasserman-Schultz , que também recebeu um pacote, afirma que ficou “profundamente perturbada” pelo modo como seu nome foi usado e que não será intimidada. “Este ataque terrível à nossa democracia deve ser vigorosamente processado”, disse.

Uma força-tarefa antiterrorismo com agências da lei federais, estaduais e locais, liderada pelo FBI, busca os responsáveis. Segundo uma agente especial do FBI os conteúdos dos pacotes, “pareciam ser bombas de cano”,bomba feita com um pedaço de cano, associado a fabricação caseira.

Trump afirmou nesta quarta-feira (24), à noite, que “qualquer ato ou ameaça de violência política é um ataque contra a própria democracia” e que manter o país seguro é uma prioridade. Também pediu unidade ao país, afirmando que “atos de violência política não tem lugar nos Estados Unidos”. Ele também pediu que a mídia pare com a “hostilidade sem fim” e com os “ataques falsos” em comentários sobre as bombas.

O presidente americano voltou a se manifestar, pelas redes sociais, acusando redes de comunicação por provocarem raiva e retórica de ódio contra políticos. “Uma parte muito grande da raiva que vemos hoje em nossa sociedade é causada pelas reportagens propositalmente falsas e imprecisas da mídia tradicional à qual me refiro como Fake News. Ficou tão ruim e odioso que está além da descrição. Os principais veículos de imprensa devem limpar seu comportamento, rápido!”, declarou.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO