Netanyahu é indiciado por crimes de suborno, fraude e quebra de confiança

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, foi indiciado, nesta quinta (21), pelos crimes de suborno, fraude e quebra de confiança pelo procurador-geral de Israel, Avichai Mandelblit, segundo informações da  Reuters.

A decisão da procuradoria foi anunciada em um comunicado. Netanyahu, que negou irregularidades em três casos de corrupção, não tem obrigação legal de renunciar após ser acusado – somente se for condenado.

Netanyahu é indiciado por crimes de suborno, fraude e quebra de confiança

Foto: Gali Tibbon – 20.nov.2019/AFP

Em um pronunciamento na TV, o primeiro-ministro afirma que o indiciamento equivale a uma tentativa de golpe contra ele e que a investigação foi irregular.

“Eles não estavam atrás da verdade, estavam atrás de mim”, afirmou. “Este é um dia triste. Você precisa ser cego para não ver que algo ruim está acontecendo no sistema legal”, disse ainda.

Ele falou também em “falsas acusações por motivos políticos” e chamou o caso de uma “caça às bruxas”. Netanyahu  garantiu que continuará no poder , apesar de as acusações terem o objetivo de derrubá-lo.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO