Múmia de mulher de 3 mil anos é achada no Egito

Múmia de mulher de 3 mil anos é achada no Egito

Foto: MOHAMED ABD EL GHANY / REUTERS

Uma múmia de uma mulher de mais de 3 mil anos foi descoberta no último sábado (24) dentro de um sarcófago nunca aberto, na cidade de Luxor, Egito.

O sarcófago foi um dos dois encontrados no início deste mês por uma missão liderada por franceses, na margem ocidental do Nilo. O primeiro sarcófago foi aberto há alguns dias e examinado por autoridades de antiguidades egípcias. As duas tumbas estavam com suas múmias dentro.

“Um sarcófago era de estilo Rishi, que remonta à 17ª dinastia, enquanto o outro sarcófago era da 18ª dinastia” afirma o ministro de Antiguidades do Egito, Khaled Al Anani.

Localizada entre os túmulos reais no Vale das Rainhas e no Vale dos Reis, a necrópole de El-Asasef é o local do enterro de altos funcionários nobres e próximos aos faraós. Segundo o ministério, o úmulo pertencia a Thaw-Irkhet-If, o supervisor de mumificação do Templo de Mut em Karnak.

Cinco máscaras coloridas e cerca de mil estátuas de Ushabti foram achadas no túmulo.

Foram removidos 300 m3 de escombros ao longo de cinco meses para descobrir a tumba, que continha pinturas coloridas no teto, representando o proprietário e sua família.

 

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO