Incêndio florestal deixa 74 mortos na Grécia

Incêndios florestais atingem o nordeste de Atenas, capital da Grécia, desde o fim da tarde desta segunda-feira (23). De acordo com o último balanço dos bombeiros, são 74 mortos e 187 feridos até o momento. O fogo começou no vilarejo de Mati, a 29 quilômetros de Atenas. Foi lá que as autoridades encontraram a maioria dos mortos. Os incêndios são os piores a atingir a Grécia desde que chamas consumiram a península do Peloponeso, em agosto de 2007, deixando dezenas de mortos.

Segundo os bombeiros, entre os feridos há 23 crianças. Entre os mortos, está um bebê de 6 meses que não resistiu à intoxicação por fumaça. O número de desaparecidos ainda é incerto. O país teve um inverno considerado seco no início deste ano e agora, com as altas temperaturas do verão, houve condições ideais para o fogo se alastrar.

As autoridades gregas pediram que os moradores de uma região litorânea próxima de Atenas abandonassem suas casas. As chamas causaram o fechamento de uma das vias expressas mais movimentadas do país e destruiu conexões ferroviárias. Centenas de bombeiros foram mobilizados para atuar nas chamas. O Exército também foi convocado. Nesta terça-feira (24) aviões de combate a incêndio vindos da Espanha e voluntários do Chipre chegaram ao local.

O primeiro-ministro Alexis Tsipras declarou três dias de luto nacional e falou sobre ações para barrar a destruição. “Faremos tudo que é humanamente possível para controlá-lo. Estamos lidando com algo completamente diferente”, disse o premiê.

Fonte: G1

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO