Estados Unidos solicitam apreensão de petroleiro iraniano retido em Gibraltar

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

Os Estados Unidos solicitaram à Suprema Corte de Gibraltar, nesta quinta-feira (15), a apreensão do petroleiro iraniano Grace 1, que está retido no território britânico desde 4 de julho.  A embarcação é suspeita de transportar petróleo para a Síria, em violação ao embargo europeu.

Com o pedido americano, o governo de Gibraltar, manteve a embarcação retida. A audiência sobre a decisão foi adiada para as 16h (horário local, 11h no horário de Brasília).

Estados Unidos solicitam apreensão de petroleiro iraniano retido em Gibraltar

Foto: Marcos Moreno/AP

DE acordo com o governo de Gibraltar, o Departamento de Justiça dos EUA “solicitou a apreensão do Grace 1 sob várias alegações, que agora estão sendo consideradas”.

O Ministério das Relações Exteriores britânico afirmou em um comunicado que as “investigações conduzidas em torno do Grace 1 são assunto para o governo de Gibraltar” e que não poderia comentar mais, já que a investigação estava em andamento.

Havia expectativa de que o petroleiro iraniano fosse liberado em troca da soltura de um navio britânico, o Stena Impero, retido pelo Irã no dia 19 de julho na região do Golfo. Tanto o Reino Unido quanto o governo do Irã negam, entretanto, que planejavam fazer essa troca.

Petroleiro Grace 1 :

O petroleiro Grace 1 foi capturado pela Marinha Real Britânica na costa de Gibraltar em 4 de julho; a embarcação carregava 2,1 milhões de barris de petróleo bruto do Irã.

O capitão e três membros da tripulação – nenhum dos quais é iraniano – foram presos e, depois, liberados, mas o paradeiro deles não é conhecido. A equipe do navio inclui marinheiros da Índia, Paquistão e Ucrânia. O Irã chamou a apreensão do navio por Gibraltar de “ato de pirataria”.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO