Esqueletos de 4 mil anos são achados no Cazaquistão

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

Esqueletos de duas jovens pessoas, uma do sexo masculino e outra, do feminino, foram achados durante escavações na região montanhosa de Karaganda, Cazaquistão, na Ásia Central.

Foto: Reprodução/East2west News

Foto: Reprodução/East2west News

Encontrados de frente um para o outro, os esqueletos logo foram chamados de “Romeu e Julieta”. Eles foram enterrados em “posição romântica” cerca de 4 mil anos atrás. Os arqueólogos ainda não determinaram do que “Romeu e Julieta” morreram.

O casal foi enterrado abraçado para a jornada ao “além”, segundo uma crença da civilização à qual pertenciam. Segundo os arqueólogos, os dois jovens seriam de famílias nobres.

No túmulo pré-histórico foram achadas peças de ouro e bronze. A jovem mulher usava dois braceletes em cada punho e exibia pingentes solares, além de anéis e brincos com argolas de ouro.

Outro Jazigo:

Próximo ao túmulo de “Romeu e Julieta” foi achado um outro jazigo.

“Uma mulher foi enterrada com sete potes, cinzas e um crânio”, disse o arqueólogo Igor Kukushkin, segundo o “Sun”.

“O túmulo não foi roubado, embora muitos outros vizinhos tenham sido saqueados. Provavelmente ficaram com medo. Sete potes não são comuns. Provavelmente ela era uma sacerdotisa”, acrescentou ele, sem determinar se os dois achados têm alguma ligação.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO