Coreia do Sul afirma que fez 360 disparos de alerta contra avião russo

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

Caças sul-coreanos efetuaram 360 disparos de advertência após um avião militar russo violar o espaço aéreo reivindicado por Seul e Tóquio. A Rússia nega a acusação e os disparos sul-coreanos.

Coreia do Sul afirma que fez 360 disparos de alerta contra avião russo

Foto: Estado-Maior Conjunto, Ministério da Defesa via AP

Seul afirmou que um caça russo A-50 entrou duas vezes no espaço aéreo sul-coreano perto das disputadas Ilhas Dokdo. Tóquio acusa a Coreia do Sul de ocupar essas ilhas ilegalmente.

As autoridades de Seul informaram nesta terça-feira (23) que responderam à entrada do avião russo em seu espaço aéreo despachando caças F-15K e KF-16, que fizeram as centenas de disparos, de acordo com a France Presse.

“Estamos avaliando este incidente de forma muito séria e tomaremos medidas mais duras se isso acontecer novamente”, afirma o assessor de Segurança Nacional Chung Eui-yong, de acordo com a porta-voz da Casa Azul, a presidência sul-coreana.

O Japão reclamou da incursão russa e da resposta sul-coreana.

“Fomos informados que aviões militares russos que sobrevoavam o Mar do Japão esta manhã violaram nosso espaço aéreo perto de Takeshima duas vezes. Emitimos fortes protestos”, afirma o chefe de gabinete do governo japonês, Yoshihide Suga.

O chefe de gabinete disse ainda que o Japão enviou aviões militares para a região, mas protestou junto à Coreia do Sul por sua resposta, que considerou extremamente lamentável.

Segundo informações da BBC, esse é o primeiro incidente envolvendo a Coreia do Sul e a Rússia.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO