Boris Johnson é o novo primeiro-ministro do Reino Unido

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

O ex-ministro de Relações Exteriores e ex-prefeito de Londres Boris Johnson foi escolhido por mais de 92 mil membros do Partido Conservador para ser o próximo primeiro-ministro do Reino Unido.

Boris Johnson é o novo primeiro-ministro do Reino Unido

Foto: Toby Melville

Em seu primeiro discurso como líder, prometeu concluir o Brexit até o prazo de 31 de outubro, a data limite para a saída do Reino Unido da União Europeia.

De acordo com Johnson, o Partido Conservador precisará ter “a habilidade histórica para balancear instintos conflitantes –casar o desejo de manter uma relação de proximidade com a União Europeia com o desenho de autodeterminação democrática neste país”.

Ele disse ainda que vai unir o Reino Unido, derrotar os rivais do Partido Trabalhista e energizar a população.

Eleições

Para chegar à liderança do Partido Conservador, cargo que estava vago desde 7 de junho, quando May se retirou, Boris Johnson enfrentou nove concorrentes:

  1. Jeremy Hunt,
  2. Michael Gove,
  3. Dominic Raab,
  4. Sajid Javid,
  5. Matt Hancock,
  6. Rory Stewart,
  7. Andrea Ledsom,
  8. Mark Harper,
  9. Esther McVey

Em uma primeira rodada de votações, os três últimos foram eliminados por não obterem os votos de 16 deputados (5%) de seu partido.

Na rodada seguinte, saíram os que não conseguiram 10% e a lista foi sendo reduzida até que sobraram apenas Johnson e Hunt, atual ministro das Relações Exteriores.

A votação então foi transferida para os cerca de 124 mil membros registrados do partido, que enviaram seus votos pelos Correios durante três semanas.

Johnson obteve 66% dos votos, e Hunt, 34%.

Repercussão:

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, saudou a escolha de Johnson como líder.

“Parabéns a Boris Johnson por se tornar o novo primeiro-ministro do Reino Unido. Ele será ótimo!”, escreveu Trump em publicação em uma rede social logo após a eleição de Johnson.

A futura chefe da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen deu parabéns e disse que espera uma boa relação de trabalho com Johnson.

O presidente da França, Emmanuel Macron, estava ao lado dela e afirmou que vai começar a negociar assim que possível com o inglês, e que o Brexit não é o único tema que norteia as relações dos dois países –há outros, como a situação no Irã.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO