Avião com 189 pessoas a bordo cai na Indonésia

Avião com 189 pessoas a bordo cai na Indonésia

Foto: Reprodução/Flightradar

De acordo com a agência de busca e resgate da Indonésia, é difícil que haja sobreviventes após a queda do avião da Lion Air no mar na ilha de Java. O avião, com 189 pessoas a bordo, perdeu contato 13 minutos depois da decolagem, no Aeroporto de Jacarta, nesta segunda-feira (29). Ainda não se sabe as causas do acidente.

Segundo a Reuters, o diretor operacional da agência, Bambang Suryo explica que “Precisamos encontrar os principais destroços. Eu prevejo que não haja sobreviventes, com base em partes do corpo encontradas até agora”.

6 corpos já foram retirados do mar. Eles foram levados para um hospital no leste de Jacarta, de acordo com Suryo Aji. Segundo a Deutsche Welle, eles estavam a cerca de 8 quilômetros a leste da península de Tanjung Karawang, lugar onde a aeronave desapareceu dos radares.

Destroços supostamente do avião, incluindo assentos, foram localizados perto de uma instalação de refino de petróleo, disse um funcionário da empresa estatal de energia Pertamina. Essa informação também foi confirmada pelo chefe da agência de busca e resgate, Muhmmad Syaugi.

De acordo com Gerry Soejatman, especialista em aviação ,ouvido pela agência, os destroços achados assinalam que “a aeronave teria impactado na água com grande velocidade”.

A aeronave foi registrada a 15 km ao norte da costa da Indonésia, segundo uma referência do Google Maps e também coordenadas relatadas pelo Flightradar24. Os primeiros dados de rastreamento de vôo do Flightradar24 mostram que a aeronave subiu para cerca de 5.000 pés (1.524 m), chegou a perder altitude, mas a recuperou, antes de finalmente cair no mar.

O presidente da Lion Air, Edward Sirait, disse que o avião registrou problemas técnicos em seu penúltimo voo, mas que estes foram resolvidos segundo os procedimentos recomendados pelo fabricante.O avião estava em operação somente há dois meses. O piloto e copiloto tinham, juntos, mais de 11 mil horas de voo.

Cerca de 160 pessoas trabalham nas buscas. Várias embarcações e helicópteros participam da operação de resgate, que procura ainda as caixas-pretas da aeronave, que serão fundamentais para o esclarecimento das causas da tragédia.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO