Ataque atribuído ao Estado Islâmico no Tadjiquistão deixa 17 mortos

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) atacou uma unidade de guardas de fronteira no Tadjiquistão deixando 17 mortos, incluindo 15 criminosos, anunciaram as autoridades locais.

O ataque, executado por membros do EI procedentes do Afeganistão, aconteceu às 3h (19h de Brasília) da terça-feira (5) perto da fronteira com o Uzbequistão, a 50 km da capital tadjique, Dushanbe, informou o ministério do Interior do país da Ásia Central.

Ataque atribuído ao Estado Islâmico no Tadjiquistão deixa 17 mortos

Foto: Ministerio Asuntos Internos Tayikistán/AFP

“As tropas tadjiques responderam e 15 membros do grupo armado foram neutralizados e outros quatro detidos”, afirmou o ministério.

Também morreram um soldado da unidade de fronteira e um policial.

“A investigação e o interrogatório das pessoas detidas estabeleceram que o grupo armado havia entrado ilegalmente no Tadjiquistão a partir da República Islâmica do Afeganistão em 3 de novembro”, afirma um comunicado da unidade de fronteiras.

“Os agressores são todos membros do grupo Estado Islâmico”, completou.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO