Alunos de Teologia são achados mortos em igreja após terremoto na Indonésia

Alunos de Teologia são achados mortos em igreja após terremoto na Indonésia

Foto: Beawiharta/ Reuters

O número de mortos após o terremoto na última sexta na ilha de Sulawesi, na Indonésia, subiu para 1.234, segundo as autoridades locais nesta terça-feira (2). As buscas por sobreviventes continuam em Palu e em Donggala, as duas cidades mais atingidas pela tragédia.

O porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB, sigla em indonésio), Sutopo Purwo Nugroho, disse, na capital Jacarta, que há 799 pessoas feridas gravemente internadas em vários hospitais. A catástrofe ainda deixou 59 mil deslocados.

“Existem alguns lugares que não conseguimos chegar. Em Donggala, por exemplo, há alguns bairros onde temos que enviar suprimentos por helicóptero”, disse o coronel Muhammad Thohir, do Exército indonésio.

Hoje socorristas localizaram os corpos de 34 estudantes de Teologia em uma igreja na ilha de Sulawesi, soterrada por um deslizamento de terra.

– Novos tremores

Na manhã desta terça, dois terremotos, de magnitudes 5,9 e 6,0, abalaram a região da ilha de Sumba, segundo o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS). Até o momento não houve novos alertas de tsunami para a região.

– Enterros

Autoridades reuniram os corpos em necrotérios improvisados para poder identificá-los. Diante do risco sanitário, decidiram organizar enterros em massa.

Em Poboya, na colinas que cercam Palu, voluntários começaram a enterrar as vítimas em uma gigantesca fossa comum, com capacidade para 1,3 mil corpos. Três caminhões lotados de cadáveres chegaram ao local. Os corpos foram colocados na fossa, um por um, e cobertos com terra.

Balaroa, bairro da periferia de Palu com uma zona residencial, se transformou em um terreno baldio coberto por árvores derrubadas, blocos de cimento, pedaços de telhados e móveis destruídos. As equipes de resgate lutam contra o tempo para encontrar sobreviventes e retirá-los dos escombros.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO