África do Sul celebra centenário de Nelson Mandela

A África do Sul presta nesta quarta-feira (18) uma homenagem a este ícone da luta dos negros pela igualdade de direitos no país e um dos principais responsáveis pelo fim do regime racista do apartheid, com uma marcha simbólica liderada por sua viúva, Graça Machel. Hoje é comemorado o “Mandela Day”, que marca o nascimento em 18 de julho de 1918 de Mandela. “Atuem, inspirem-se na mudança, façam de cada dia um Dia Mandela”, exorta a fundação que leva seu nome.

Nesta terça-feira (17) o ex-presidente Barack Obama discursou em um estádio em Joanesburgo para 15 mil pessoas. “Graças a seu sacrifício e a sua forte liderança, e talvez ainda mais a seu exemplo moral, Mandela (…) personalizou as aspirações das pessoas desfavorecidas”, disse Obama em uma homenagem emocionante a um “gigante da História”. Hoje Obama falará para cerca de 200 jovens que participam de uma formação sobre liderança organizada por sua fundação em Joanesburgo.

Segundo o Banco Mundial, a África do Sul é a maior potência industrial do continente africano e é atualmente o país menos igualitário do mundo.

 

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO