Proposta de liberar caça comercial de baleias é rejeitada em Santa Catarina

Proposta de liberar caça comercial de baleias é rejeitada em Santa Catarina

Foto: Reprodução/Internet – Heverson Santos

A proposta de liberar a caça comercial das baleias, apresentado pelo Japão, foi rejeitada nesta sexta-feira (14) pela Comissão Baleeira Internacional, em Santa Catarina.

Foram 41 votos contra à caça, de países como Brasil, Estados Unidos e Argentina. Houve ainda 27 votos a favor, de países como Japão e Islândia, que têm tradição na pesca dos mamíferos. Duas abstenções também foram registradas, da Coreia do Sul e da Rússia.

“Nos últimos anos, o trabalho da comissão foi muito refém dessa proposta de retomar a caça. Agora, teremos mais espaço para trabalhar temas como conservação, poluição e estudar o papel das baleias no ecossistema marinho”, afirmou o diretor do Instituto Baleia Jubarte José Truda Palazzo.

A caça comercial das baleias está proibida há 32 anos, mas o país asiático, defende a revisão do regulamento e a liberação da atividade.

A possibilidade de que a caça de baleias fosse liberada gerou protestos na segunda (10) por ambientalistas e ONGs internacionais que estão em Florianópolis para acompanhar as discussões.

Santuário

A proposta brasileira de criação do Santuário de Baleias do Atlântico Sul foi rejeitada em votação na terça(11). Entre os votos contra estão Japão, Noruega e Islândia, países que defendem a caça de baleias para pesquisa.

A área seria composta pelas águas do oceano Atlântico, abaixo da linha do Equador, entre as costas da África e da América do Sul, com 20 milhões de quilômetros quadrados que abrigam 51 espécies de cetáceos.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO