Meninos resgatados em caverna na Tailândia já podem receber visita dos pais

Nesta quinta-feira (12) os parentes dos 12 meninos retirados de uma caverna na Tailândia, onde ficaram presos por duas semanas, foram autorizados a visitá-los, segundo o Ministério da Saúde do país. No entanto, eles devem usar máscaras e roupas de proteção.

Dois garotos do primeiro grupo resgatado no domingo foram diagnosticados com uma infecção no pulmão, mas estão se recuperando bem. Três garotos do último grupo salvo apresentaram infecções de ouvido e recebem tratamento no hospital de Chiang Rai, no Norte do país, declarou a pasta.

“Aproveite ao máximo suas vidas. Sejam pessoas boas, sejam uma força para seu país”, disse o contra-almirante Apakorn Yuukongkaew, comandante da unidade de mergulhadores da Marinha da Tailândia, em uma mensagem aos jovens.

Treze mergulhadores estrangeiros e cinco da Marinha Tailandesa orientaram os meninos e seu treinador em um complicado resgate de três dias que terminou nesta terça-feira (10). Os mergulhadores e alguns militares estrangeiros receberam boas-vindas e foram chamados de heróis quando pousaram nesta quinta no aeroporto civil-militar de U-Tapao, na província de Rayong. Os envolvidos no resgate receberam grandes guirlandas feitas de malmequeres.

O complexo de cavernas de Tham Luang ficará fechado ao público por pelo menos seis meses, disse Chongklai Worapongsathorn, vice-diretor-geral do Departamento de Parques Nacionais, Vida Selvagem e Conservação de Plantas.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO