Cientistas descobrem composto que imobiliza célula do câncer e impede metástase

Nesta sexta-feira (22) uma nova pesquisa publicada na revista “Nature Communications” abre possibilidades para impedir que o câncer se espalhe para outras áreas do organismo. Em vez de matar, pesquisadores “congelaram” a célula cancerígena para que ela não se movimentasse.

Os testes foram feitos com a molécula KBU2046, composto que inibiu o movimento de células do câncer em quatro diferentes tipos de células do câncer humanas: câncer de mama, próstata, colorretal e pulmão.

“Começamos com uma substância química que impedia as células de se moverem. Depois, sintetizamos o composto várias vezes para que ele fizesse um trabalho perfeito de parar as células sem efeitos colaterais”, diz Karl Scheidt, professor de química e farmacologia da Universidade de Northwestern em nota.

Cientistas estimam que serão necessários dois anos e US$ 5 milhões para que os primeiros testes sejam realizados em seres humanos. Pesquisadores almejam que a droga possa ser administrada em cânceres iniciais para diminuir ao máximo que o tumor se espalhe para o resto do corpo e o paciente tenha um tumor intratável no futuro.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO