Nasa descobre exoplaneta em zona habitável: ‘o mais parecido com a Terra’

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

A Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) anunciou na quinta-feira (16) a descoberta de um exoplaneta em zona habitável.

O corpo levou o nome de Kepler-1649c, em referência ao telescópio espacial que capturou sua imagem, o Kepler.

Cientistas descreveram o planeta como o mais parecido com a Terra — e o mais próximo de nós — entre todos os exoplanetas localizados pelo telescópio.

Nasa descobre exoplaneta em zona habitável 'o mais parecido com a Terra'

Foto: Divulgação / Nasa

Kepler-1649c, que fica a 300 anos-luz do nosso planeta, tem de sua estrela uma distância que possibilita a qualquer planeta rochoso conter água líquida.

Os cientistas o descobriram ao rever o arquivo feito pelo telescópio Kepler, aposentado pela agência em 2018. O planeta passou despercebido por pesquisas anteriores, realizadas por algoritmos de computador. Numa segunda vista, porém, os próprios astrônomos reconheceram seu sinal.

De acordo com informações da Nasa, o exoplaneta é só 1.06 maior do que a Terra, e recebe de sua estrela cerca de 75% da luz que nosso planeta recebe do Sol.

A grande diferença é que Kepler-1649c orbita uma anã vermelha, categoria estelar propensa a explosões frequentes que podem tornar desafiadora a sobrevivência de organismos mais complexos.

Nasa descobre exoplaneta em zona habitável 'o mais parecido com a Terra'2

Foto: Divulgação / Nasa

Para a Nasa, a descoberta é “emocionante”, como classificou Andrew Vanderburg, pesquisador da Universidade do Texas em Austin e um dos autores do artigo publicado nesta quarta-feira no The Astrophysical Journal Letters sobre Kepler-1649c.

Os cientistas agora querem descobrir outros detalhes sobre o planeta, como a configuração de sua atmosfera, que também pode afetar sua temperatura.

Os cálculos sobre o tamanho do corpo ainda são preliminares, e devem ser passar por revisão nas próximas semanas.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO