A Lua está encolhendo

De acordo com um estudo, que analisou mais de 12 mil imagens da Lua, o satélite está encolhendo. A sonda da NASA Reconnaissance Orbiter revelou que a cratera lunar Mare Frigoris, perto do pólo norte da Lua, está ganhando elevações.

A Lua está encolhendo

Foto: NASA/AFP / HO

Como consequência, a superfície lunar diminuiu cerca de 50 metros nas últimas centenas de milhões de anos. O efeito teria sido causado por tremores.

A atividade sísmica da Lua ocorre a medida que ela perde calor lentamente desde que se formou, há 4,5 bilhões de anos. Como a superfície lunar é frágil, estas forças geram rupturas a medida que o interior se contrai, dando lugar a elevações, através da sobreposição de camadas do solo.

A análise  foi publicada na Nature Geoscience e examinou os tremores lunares superficiais registrados pelas missões Apolo, estabelecendo uma relação entre eles e as elevações recentes na superfície lunar.

“Isso é emocionante, já que não estava claro se a Lua já havia passado por esse período há bilhões de anos e estava tectonicamente morta, ou se ainda estava ativa no presente” afirmou Nicholas Schmerr, professor assistente de geologia na Universidade de Maryland, que é co-autor do estudo.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO