Paraguai pede para cancelar ata sobre Itaipu assinada com Brasil

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

Quatro membros do alto escalão do governo paraguaio renunciaram aos cargos, nesta segunda-feira (29).

Paraguai pede para cancelar ata sobre Itaipu assinada com Brasil

Foto: Adenésio Zanella/Itaipu Binacional

Deixaram o cargo: o embaixador do Paraguai no Brasil, Hugo Saguier,  o ministro de Relações Exteriores, Luis Alberto Castiglioni, o presidente da Administração Nacional de Eletricidade (ANDE), Alcides Jiménez, e o titular paraguaio da usina hidrelétrica binacional de Itaipu, José Roberto Alderete. Os quatro funcionários têm sido chamados de “entreguistas” pela imprensa paraguaia.

O presidente paraguaio, Mario Abdo Benítez, aceitou as renúncias.

O motivo apontado para as renúncias é a assinatura, em maio, de uma ata bilateral sobre as condições de contratação de energia de Itaipu.

O texto fixa a compra de energia de Itaipu pelo Brasil até 2022, um ano antes da renegociação do anexo C do tratado constitutivo da usina.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO