Bolsonaro passa a tomar antibiótico e alta é adiada

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love
Bolsonaro passa a tomar antibiótico e alta é adiada2

Foto: Reprodução

De acordo com informações divulgadas pelo porta-voz Otávio Rêgo Barros nesta segunda-feira (4), o presidente Jair Bolsonaro  teve elevação na temperatura na noite de domingo (3), passou a tomar antibiótico e a alta prevista para quarta-feira (6) foi adiada.

Segundo o boletim médico do Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, Bolsonaro está internado na unidade de cuidados semi-intensivos e “apresentou, ontem [domingo (3)]à noite, elevação da temperatura (37,3 °C) e alteração de alguns exames laboratoriais.”

Bolsonaro passa a tomar antibiótico e alta é adiada

Foto: Divulgação/Presidência da República

De acordo com Rêgo Barros, o presidente não tem agenda prevista para os próximos dias e a alta deve ser na próxima segunda-feira (11).

“Quarta-feira não será mais o dia de alta de nosso presidente, até porque ele entrou num estágio que está sendo administrado antibióticos por no mínimo sete dias. Então, se tivermos, a partir de hoje, já contarmos um prazo, este prazo não será antes desses sete dias, que é exatamente o tempo de ação do antibiótico para debelar eventual infecção que possa ser gerada”, afirma Rêgo Barros.

O porta-voz afirmou que o presidente está de bom humor. “A evolução do presidente é esperada pelos médicos. Ele fez uma continência para mim enquanto fazia esse procedimento, isso já indica o estado de ânimo do presidente. É um homem que está lutando com sua vida para governar o país.”

Mais cedo, na rede social Twitter, Bolsonaro fez um post com um vídeo em que ele faz fisioterapia na cama, em uma bicicleta elevada.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO