Pesquisadores encontram câncer em múmia de quase 3 mil anos

O câncer é a causa da morte de um em cada seis seres humanos. Um grupo de pesquisadores mostrou que a doença não é algo novo. Os médicos e arqueólogos encontraram vestígios da doença nos ossos esqueletos enterrados entre 1,5 mil há 3 mil anos perto do oásis Dakhleh, no Egito.

De 1.087 esqueletos, seis casos foram encontrados, sendo duas mulheres jovens, entre 20 e 30 anos, com câncer no colo de útero, um homem também jovem com câncer de testículo. Nos três a doença foi relacionada ao HPV.  Um homem mais velho com câncer colorretal e uma criança com leucemia aguda.

“Em nossa opinião, não dá para afirmar que, mesmo que os antigos Dakhlans tivessem a mesma expectativa de vida que as sociedades ocidentais modernas, a taxa de câncer teria sido equivalente”, escreveram em seu artigo. Os pesquisadores acreditam que a ocorrência da doença era, pelo menos, 50 vezes menor que atualmente.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO