Trump expulsa 60 diplomatas russos dos Estados Unidos

<p>O presidente Donald Trump assinou nesta segunda-feira(26) uma ordem de expuls&atilde;o de 60 funcion&aacute;rios de intelig&ecirc;ncia e diplomatas russos em retalia&ccedil;&atilde;o ao envenenamento de um ex-expi&atilde;o russo na Inglaterra.&nbsp; Os oficiais expulsos estavam &agrave; servi&ccedil;o da R&uacute;ssia em Nova York e na capital Washington. A ordem tamb&eacute;m determina o fechamento de um consulado russo, na cidade de Seattle, estado de Washington, no noroeste do pa&iacute;s.</p>
<p>A miss&atilde;o russa na sede das Na&ccedil;&otilde;es Unidas em Nova York teve 12 diplomatas expulsos, e 48 representantes diplom&aacute;ticos da embaixada russa em Washington fazem parte da lista de expuls&otilde;es.&nbsp;</p>
<p>O governo norte-americano justificou que os nomes constantes na lista s&atilde;o de pessoas que trabalham a servi&ccedil;o de opera&ccedil;&otilde;es secretas de intelig&ecirc;ncia da R&uacute;ssia, que "minam a seguran&ccedil;a nacional dos Estados Unidos".</p>
<p>Funcion&aacute;rios da secretaria de Estado norte-americana, ouvidos por ve&iacute;culos locais, como&nbsp;Washington Post&nbsp;e&nbsp;CNN<em>,&nbsp;</em>afirmaram que o consulado em Seattle teria recebido a ordem de fechamento porque o governo Trump acredita que o local funcionava como um "centro de intelig&ecirc;ncia russo".</p>
<p>Diplomatas entrevistados em anonimato afirmaram que as expuls&otilde;es s&atilde;o uma resposta "adequada" do governo norte-americano ao envenenamento do ex-espi&atilde;o, Sergei Skripal, e&nbsp; de sua filha Yulia.</p>
<p>Os Estados Unidos seguiram o mesmo padr&atilde;o de alguns pa&iacute;ses europeus que j&aacute; haviam ordenado expuls&otilde;es do corpo diplom&aacute;tico por causa do incidente na Gr&atilde;-Bretanha.</p>
<p>A expuls&atilde;o dos 60 diplomatas &eacute; a maior desde 1986, quando o ent&atilde;o presidente republicano Ronald Reagan expulsou 55 diplomatas da R&uacute;ssia.</p>

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO