Paraisópolis terá banco e moedas próprios

<p style="line-height: 150%;">Banco de Parais&oacute;polis ser&aacute; o nome da institui&ccedil;&atilde;o financeira da maior favela de S&atilde;o Paulo, administrada pela associa&ccedil;&atilde;o de moradores e comerciantes da &aacute;rea. A comunidade ter&aacute; tamb&eacute;m uma moeda pr&oacute;pria &ndash; Nova Parais&oacute;polis &ndash; que dever&aacute; ser impressa e circular&aacute; somente no bairro.</p>
<p style="line-height: 150%;">O banco vai oferecer contas correntes, cart&atilde;o de d&eacute;bito e aplicativo para celular. Mais de 6 mil pessoas j&aacute; utilizam um cart&atilde;o exclusivo para moradores da comunidade.</p>
<p style="line-height: 150%;">A Uni&atilde;o de Moradores e Comerciantes de Parais&oacute;polis vai realizar um jantar de doa&ccedil;&otilde;es com empres&aacute;rios e personalidades para financiar a iniciativa. O dinheiro arrecadado ir&aacute; para um fundo, que financiar&aacute; as a&ccedil;&otilde;es do banco. J&aacute; os juros e as taxas de funcionamento ser&atilde;o usados para financiar causas da comunidade.</p>
<p style="line-height: 150%;">H&aacute; 103 insitui&ccedil;&otilde;es neste sistema operando no pa&iacute;s, de acordo com a Rede Brasileira de Bancos Comunit&aacute;rios. Elas funcionam &agrave;s margens dos grandes bancos, de forma independente, oferecendo servi&ccedil;os populares que ajudam o desenvolvimento das regi&otilde;es onde est&atilde;o inseridas. De 2016 h&aacute; dezembro de 2017, movimentaram R$ 40 milh&otilde;es.</p>

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO