Operação combate quadrilha com mais de 100 integrantes

<p>O Grupo de Atua&ccedil;&atilde;o Especial de Combate ao Crime Organizado do Minist&eacute;rio P&uacute;blico do Estado do Rio de Janeiro deflagrou hoje (22) opera&ccedil;&atilde;o para cumprir 92 mandados de busca e apreens&atilde;o e de pris&atilde;o contra uma quadrilha que conta com mais de 100 integrantes no sul fluminense.</p>
<p>O grupo, acusado de tr&aacute;fico de drogas e crimes conexos, tamb&eacute;m aliciou menores de idade para participar dos delitos.</p>
<p>Segundo o MP-RJ, a organiza&ccedil;&atilde;o criminosa agia como uma empresa formal, com ramifica&ccedil;&otilde;es em outras cidades e em munic&iacute;pios do estado de S&atilde;o Paulo. A quadrilha tinha liga&ccedil;&otilde;es com fac&ccedil;&otilde;es criminosas de S&atilde;o Paulo, e estabeleceu uma c&eacute;lula formal desses grupos no sul do estado do Rio.</p>
<p>Com os mandados de busca e apreens&atilde;o, o Minist&eacute;rio P&uacute;blico espera obter provas de outros crimes e apreender bens obtidos com a pr&aacute;tica criminosa.</p>
<p>Entre os denunciados est&atilde;o dois policiais militares lotados no 37&ordm; Batalh&atilde;o. As investiga&ccedil;&otilde;es tamb&eacute;m apontaram que um dos denunciados usava uma creche, onde era vigia, para armazenar muni&ccedil;&otilde;es calibre .50 e materiais para a prepara&ccedil;&atilde;o de entorpecentes.</p>
<div class="node-info">&nbsp;</div>

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO