Número de mortos por febre amarela sobe para 54 no Rio

<p>O estado do Rio de Janeiro j&aacute; contabiliza 120 casos de febre amarela, sendo 54 mortes em 22 munic&iacute;pios. <br /><br />Segundo o &uacute;ltimo balan&ccedil;o da Secretaria Estadual de Sa&uacute;de, em Silva Jardim, na Baixada Litor&acirc;nea , dois casos foram registrados, um deles sendo um &oacute;bito.&nbsp; A cidade de Angra dos Reis continua liderando a lista de maior n&uacute;mero de mortes pela doen&ccedil;a: 13 em 29 casos.<br /><br />Na Regi&atilde;o Serrana, em Teres&oacute;polis, h&aacute; 14 casos registrados, sendo 7 &oacute;bitos, seguido de Valen&ccedil;a, com 6 mortes e 18 casos. Em Nova Friburgo j&aacute; s&atilde;o 11 casos, com 4 &oacute;bitos e, em Duas Barras, somam 10 registros com dois falecimentos.<br /><br /><span class="nota-text"><strong>Turismo prejudicado</strong> <strong>em Ilha Grande</strong><br />O surto da doen&ccedil;a e o n&uacute;mero de mortes na Ilha Grande assusta os turistas e j&aacute; provoca o cancelamento de cruzeiros que fariam paradas no local. A MCS, empresa de transatl&acirc;nticos no pa&iacute;s, suspendeu as passagens de seus cruzeiros por Angra dos Reis e as excurs&otilde;es pela Ilha Grande, que ofereciam trilhas por matas e cachoeiras.</span></p>

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO