Número de médicos no Brasil cresce 665% em cinco décadas

<p>Em pouco menos de cinco d&eacute;cadas, o total de m&eacute;dicos no pa&iacute;s aumentou 665%, enquanto a popula&ccedil;&atilde;o brasileira cresceu, no mesmo per&iacute;odo, 119%. Os dados fazem parte da pesquisa Demografia M&eacute;dica 2018, feita pela Faculdade de Medicina da Universidade de S&atilde;o Paulo.</p>
<p>Segundo o estudo, em janeiro deste ano, o Brasil registrou um total de 452.801 m&eacute;dicos. Somente o estado de S&atilde;o Paulo concentra 28% do total de m&eacute;dicos no pa&iacute;s. O Distrito Federal, por sua vez, &eacute; a unidade federativa com a m&eacute;dia mais alta (4,35), seguido pelo Rio de Janeiro (3,55). J&aacute; o Maranh&atilde;o mant&eacute;m a menor densidade demogr&aacute;fica (0,87), seguido pelo Par&aacute; (0,97).</p>
<p><strong><span style="text-decoration: underline;">Desigualdade na distribui&ccedil;&atilde;o geogr&aacute;fica</span><br /></strong>Apesar de a m&eacute;dia nacional ter se fixado em 2,18 m&eacute;dicos para cada grupo de mil habitantes, a pesquisa mostra que esse mesmo indicador difere muito de uma regi&atilde;o para outra. Apenas no Sudeste, onde moram 41% dos brasileiros, est&atilde;o concentrados 54% dos m&eacute;dicos. J&aacute; o Norte, onde vive 8% da popula&ccedil;&atilde;o brasileira, responde por 4% dos profissionais em atua&ccedil;&atilde;o.</p>

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO