Carnaval terá posto para denúncias de assédio e racismo

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

<p>Casos de preconceito sofridos durante o carnaval no munic&iacute;pio do Rio de Janeiro poder&atilde;o ser denunciados por v&iacute;timas de ass&eacute;dio, de LGBTfobia, racismo, entre outras viola&ccedil;&otilde;es, no ponto de apoio que a Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Pol&iacute;ticas para Mulheres e Idosos ter&aacute; na Pra&ccedil;a XV, no Centro.</p>
<p>O ponto de apoio funcionar&aacute; das 9h &agrave;s 15h. No local, t&eacute;cnicos do &oacute;rg&atilde;o prestar&atilde;o aux&iacute;lio &agrave;s v&iacute;timas. Haver&aacute; ainda no local distribui&ccedil;&atilde;o de preservativos e material das campanhas.</p>
<p>Al&eacute;m do posto f&iacute;sico, o servi&ccedil;o Disque Cidadania LGBT vai funcionar tamb&eacute;m durante os quatro dias do carnaval, pelo telefone gratuito 0800 0234 567, das 14h &agrave;s 20h, de sexta-feira (9) at&eacute; ter&ccedil;a-feira (13).</p>
<p>&nbsp;</p>

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO