A Guerra na Síria e a retirada estratégica dos Estados Unidos

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

Bastou uma semana para o mapa da guerra na Síria ser reformulado — depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, usou o que chamou de “grande e inigualável sabedoria” para ordenar a retirada das tropas americanas do norte do país.

Ao abandonar os curdos sírios, aliados dos EUA, à própria sorte, Trump desencadeou uma série de acontecimentos, abrindo um leque de oportunidades para a Turquia; para o governo do presidente sírio, Bashar al-Assad, e seus aliados, Rússia e Irã; e para os jihadistas do grupo extremista autodenominado Estado Islâmico.

Oito anos de guerra na Síria afetaram e modificaram o Oriente Médio. E, na última semana, houve outro momento decisivo. Talvez a sabedoria do presidente Trump o tenha ajudado a prever acontecimentos. Ou talvez o hábito de seguir seus instintos seja um erro grave quando se trata das infinitas complexidades do Oriente Médio.

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO