Gabriel Monteiro acusa ex-comandante da PMRJ de envolvimento com o comando vermelho

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Spread the love

O policial militar e youtuber Gabriel Monteiro teve o porte de arma suspenso e está submetido a um processo administrativo disciplinar que pode culminar em sua expulsão da corporação do Rio.

O soldado, que tem quase quatro milhões de seguidores nas redes sociais e é conhecido por defender o governo Bolsonaro, cometeu uma “transgressão disciplinar de natureza grave”, segundo a corregedoria da PM, ao tratar “de forma desrespeitosa” o ex-comandante geral da PM coronel Ibis Silva Pereira.

A decisão foi tomada após sindicância interna e publicada no Boletim Interno da corporação nesta quarta-feira (05/03/2020).

Share.

About Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO